Filhos de mulher jogada em rio estão desaparecidos

Foi transladado ontem, quinta-feira, 20, para a cidade de Colinas, no Maranhão, o corpo da mulher que foi jogada de uma pontedentro do Rio Parauapebas, enrolada em uma lona e amarrada a pedra. A vítima foi identificada como Rosivânia Torquato Xavier, de 29 anos, e era mãe de um casal de filhos, que estão desaparecidos.

O corpo dela foi achado por volta de 13 horas da última segunda-feira, 17, enrolado em uma lona azul e amarrado a pedras. Segundo o delegado Felipe Oliveira, responsável pela Equipe de Homicídios da 20ª Seccional Urbana de Parauapebas, as investigações estão adiantadas.

As crianças são um menino de 11 anos e uma menina de 9 anos que moravam com a mãe. Desde o crime, ninguém teve notícias deles. Testemunhas afirmam que ela teve uma forte discussão com o ex antes de desaparecer.

(Reportagem/Tina Santos – com informações de Ronaldo Modesto) Correio de Carajás